A partir de agosto, a ANAC vai verificar o lançamento de endossos na CIV digital nos processos de concessão de licenças e habilitações

A partir de agosto, a ANAC vai verificar o lançamento de endossos na CIV digital nos processos de concessão de licenças e habilitações

By: Author Raul MarinhoPosted on
1148Views10

De acordo com esta nota publicada na tarde de hoje (08/07/2016) no Portal ANAC, a Agência irá verificar o correto lançamento de endossos na CIV digital nos processos de concessão de licenças e habilitações (quando estes são requeridos, é claro). A data anunciada para o início deste procedimento – que já estava sendo adotado no caso de revalidações – é 1° de agosto próximo.

Na prática, o que a ANAC quer dizer com esta nota é que agora ela irá verificar todos os endossos com mais atenção, além do que é requerido para aeronaves do Apêndice “A” da IS-61-006B – em especial os exigidos no ambiente de instrução. Por isso, é recomendável especialmente aos aeroclubes/escolas de aviação e instrutores dar uma (re)lida neste post.

10 comments

  1. Lucas Marreto
    2 anos ago

    Bom dia!

    Ontem publiquei uma pergunta aqui via Google+, mas ela sumiu.

    Vou faze-la de novo:

    Abri uma solicitação de Serviço no SACI, para concessão da licença de PC e inclusão da Habilitação IFRA.

    Nos documentos que são de apresentação obrigatória sempre aparecia assim:

    “As horas que constam na CIV, deverão ser registradas na CIV digital…”

    Agora no meu processo aparece assim:

    “Caderneta individual de voo – Quando solicitado pela ANAC…”

    Acredito ser a mesma coisa certo ?

    Pois acredito que se fosse a CIV de papel, estaria especificado que deveria ser a de papel.

    Alguém consegue me ajudar?

    Peço desculpas por postar a mesma pergunta novamente.

    Obrigado!

    • Raul Marinho
      2 anos ago

      Na prática, isso significa que vc só tem que enviar as informações da CIV digital, mas deve manter a CIV em papel à disposição, caso a ANAC solicite.

      • Lucas
        2 anos ago

        Entendi Raul, muito obrigado!

  2. Fred Mesquita
    3 anos ago

    Neste caso a ANAC não estaria jogando a responsabilidade das instruções para um terceiro? Se eximindo de qualquer responsabilidade. Seria isso ?

    • vai vendo...
      3 anos ago

      Certeza Fred.
      Terceirização da responsabilidade descarada.
      Depois, se por algum azar acontecer algo, a Anac vai alegar que não foi ela quem deu a carteira…
      Isso é mais uma demonstração do que é a Anac: uma agência que visa apenas lucro e tem por objetivo aparecer na fotografia, assim como um partido criado por sindicalistas.

  3. vai vendo...
    3 anos ago

    Incrível.
    Quanta eficiência.
    A agência reguladora e fiscalizadora, marca data e avisa quando vai começar a fiscalizar…e acha isso um grande feito.

  4. Tiago
    3 anos ago

    Não consegui entender muito bem o que isso modifica no âmbito do Aluno.

    A partir de Agosto o que ocorrerá de diferente para lançamento/verificação dos processos? passará a ser mais criterioso? Deverá constar no campo “OBS” as informações referentes ao nome do inva, canac e local desta instrução.. é isso?

    Att

    • Raul Marinho
      3 anos ago

      Não muda nada nas regras, somente na fiscalização.

      • Jacques
        3 anos ago

        Raul, boa tarde.
        Já li mil vezes RBAC 61 e a nova IS para endossos. Não consigo entender se o endosso deve ser feito no voo anterior, ou no próprio voo. Por exemplo.. Vou endossar um aluno para voo solo, faço o endosso na própria hora do voo solo ou no voo anterior? Espero que tenha compreendido minha dúvida.

        • Raul Marinho
          3 anos ago

          Vc faz o endosso antes do voo solo acontecer.

Deixe uma resposta